quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Peça Teatral Baú de Histórias

Aconteceu no dia 26 de setembro(sexta-feira) a Peça Teatral com o tema Baú de histórias, com os alunos da Oficina Municipal de Teatro sendo eles: Lorrane Pereira Ramos, Lucas Kenedy, Lemiane Jordão, Adrielle Pereira, Gabriele Pereira, Rafaela Gomes, Fernanda Gomes, Alex, Evellin, Vitória, Igor, Mariana e as crianças Maria Clara Torres, Fábio Júnior, Gabriela Peres e Sara. A Peça teatral foi um dos eventos da Jornada Mineira do Patrimônio Cultural com o objetivo de representar fatos históricos vivenciados pelos cidadãos guardamorense, homens fazedores de história do nosso município. Foram encenadas as peças “A rapadura”, vivenciada pelo cidadão José Francisco Marins Neto, “Minha Infância”, vivenciada pelo cidadão guardamorense Amado Marins com adaptação da Prof. Edna Marins e a Peça o Benzedor de autoria de Rosângela Bianchi vivenciada pelo cidadão Tertuliano, o benzedor. Parabéns aos organizadores da educação e cultura do município de Guarda-Mor no estímulo permanente à curiosidade pela cultura e identidade tradicional, divulgando-as para que sejam conhecidas e reconhecidas na sociedade abrangente, de modo que seja transmitida a vontade de aprender, vivenciar, compreender, repassar e reinventar as tradições da nossa gente, do nosso povo.

Lançamento da Cartilha de Educação Patrimonial

O lançamento da Cartilha de Educação Patrimonial é uma ação da Jornada do Patrimônio Cultural do nosso município. A Cartilha de Educação Patrimonial de Guarda-Mor efetua os trabalhos técnicos desenvolvidos pela Casa de Cultura, responsável pela gestão do patrimônio cultural do município de Guarda-Mor/MG. Ela foi lançada no dia 24/09/2013(terça-feira) com o objetivo de orientar sobre a cultura e o patrimônio cultural material, imaterial, bens tombados, inventariados e registrados da nossa cidade. Ela também conscientiza a comunidade de forma geral na preservação dos bens culturais do município bem como a valorização do patrimônio público municipal. As cartilhas serão distribuídas para todos os cidadãos participantes do evento e logo mais serão distribuídas para as bibliotecas das escolas do nosso município.

domingo, 22 de setembro de 2013

Palestra de Educação Patrimonial para Educadores da Rede Pública Municipal

Durante a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, a Casa de Cultura, no dia 16/09, promoveu palestra de Educação Patrimonial para os educadores da Rede Pública Municipal. O objetivo da palestra foi sensibilizar e envolver os educadores na preservação do patrimônio cultural, material e imaterial para que os mesmos possam na aplicação das suas aulas incentivarem a apropriação dos conceitos voltados para a valorização e preservação do patrimônio cultural e promover a inserção do tema na formação de crianças e jovens do município de Guarda-Mor/MG. Tivemos como palestrante a Sra. Profª Dagma de Fatima Borges Silva, graduada em história com especialização na área e também Conselheira Municipal do Patrimônio Histórico Cultural. Na ocasião a professora, Dagma de Fátima, ressaltou ainda que a maior parte dos municípios e comunidades desconhece a riqueza do patrimônio arqueológico e histórico de seus territórios e essa realidade requer um novo olhar por parte desses cidadãos no tocante a conhecer e valorizar os bens históricos - culturais de suas comunidades “mediatizados pelo mundo.” (Paulo Freire - Pedagogia do Oprimido). Parabéns Profa. Dagma e comunidade escolar pelo tempo disponibilizado.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

EXPOSIÇÃO DE ARTES 2013 -GUARDA-MOR/MG

A imagem que se tinha ao entrar na Exposição de Artes da Jornada Mineira do Patrimônio Cultural que aconteceu nos dias 18,19 e 20/09/2013 no Salão de Pastoral era a de um belo jardim, muito colorido e cheio de belas imagens compostas de flores, animais e lugares pitorescos retratados em belíssimas pinturas em telas feito por mãos de fadas. Mulheres fadas existem, elas são reais. Assim como, diversos tipos de seres habitam a Terra e fazem parte da Raça Humana, as mulheres fadas também convivem conosco, muitas vezes sem que elas mesmas saibam quem são. Com mãos de fada passaram horas a brincar com as cores. Mulheres fadas meninas, jovens e mães transformaram a arte do município mostrando os grandes talentos.As fadas a quem me refiro da Oficina de Pintura em Tela com a Profª Clênia A. da Silva são: Miriã Cardoso, Francinaze Ferreira S. Moresco, Marilene Fonseca, Sônia M Lima,Jordana Marques, Andréa Ninckhorn, Maria Altina Antônia da Silva, , Bianca Esteves, Poliana Marques, Roberta Nazar, Eliza Paiva, Angela Marins, Ianara, Emily dos Santos, Maria Clara da Silva Fraga, Rhanya Maria da Silva Fraga, Ketlen Oliveira, Joyce Oliveira, Paula Fraga, Lazara Moreira, Eny de Souza, Valdenisia Cristina, Renata Pires, Clênia A. Silva e Ana Júlia.E as fadas da Oficina de Artesanato com a Profª Sheila Goulart são: Isadora 9 anos, Izabella 9 anos, Fabriny 9 anos, Gabriele Francisco 9 anos, Gabriele Silveira 9 anos, Isa Vitória 10 anos, Maria Eduarda Fraga 13 anos, Maria Eduarda Guimarães 8 anos, Livia 12 anos, Maria Clara Guimarães 11 anos, Andressa 12 anos, Evelyn 10 anos, Marcela 12 anos, Lucas 13 anos, Sara 6 anos, Ana Laura 8 anos, Eleuza, Catarina, Cleonice, Pollyana. Temos também alguns anjos que fizeram sucesso na exposição de artes: Italo Gabriel, Rafael Antônio de F. Barbosa, Neto Xavier e Lucas Antônio Guimarães. Cada peça exposta retrata uma expressão sincera do espírito das meninas,mulheres e jovens maravilhosos que fizeram e fazem parte da Oficina de Pintura em Tela e da Oficina de Artesanato. A exposição é resultado do incentivo da Prefeitura Municipal na figura do Prefeito Municipal, Edgar José de Lima, incansável na luta pelo desenvolvimento de geração de renda e desenvolvimento de talentos.