segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

AÇÃO EM 2011


Muito se fala sobre ser feliz e o que fazer para atingir a felicidade. Mas não conseguimos ser mais felizes limitando-nos a ler livros ou assistindo palestras sobre felicidade, desenvolvimento pessoal ou mudança.

Palavras sobre incentivo, motivação, desenvolvimento, otimismo e esperança, nada disto é útil a não ser que façamos alguma coisa. Sempre temos algo para superar e, para mudar alguma coisa em nossa caminhada, ter mais tempo, mais saúde, melhorar nossos defeitos, trabalhar em algo mais agradável ou educar melhor nossos filhos, enfim, para corrigir o curso é preciso ação. Este é o segredo da mudança, é o segredo do sucesso. Tal como no início de uma filmagem, o diretor dispara – "AÇÃO!" Assim dá-se inicio à criação.

Somos peritos em falar em mudança, mas no que tange a colocar a mudança em ação, provavelmente somos todos uns amadores. É fácil confundir querer fazer com agir, sobretudo quando procuramos em nós razões que nos levam a ficarmos confortáveis com as desculpas de não fazer. Li num livro a seguinte xarada: há cinco sapos em cima de um tronco. Um tem intenção de saltar. Quantos restam? Cinco! Intenção não é fazer. A realidade é que só mudamos alguma coisa através da ação.

Ler e falar com outros sobre formas de mudar pode trazer-nos esclarecimento e apoio; pode proporcionar uma reflexão valiosa sobre o que pode ser mais eficaz, mas só nos beneficiamos disso se depois fizermos o trabalho pesado. Ainda que a informação venha a ser o passo inicial, a concretização tem de ser com a ação. É necessário fazer, temos que colocar as mãos na massa e experimentar. Agindo é que ficaremos mais perto do resultado e isto acontece porque o cérebro aprende através da experiência. Não podemos criar novos percursos neuronais somente por desejarmos ser diferentes, ou por afirmarmos que vamos ser diferentes. Tal como no futebol, não é a equipe que tem intenção de ganhar que vence, mas a que faz mais gols.

Então, neste próximo ano... mãos à obra e feliz vida nova!

Tg.1:5 “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e ser-lhe-á concedida”.
FELIZ ANO NOVO A TODOS!!!

www.fotolog.terra.com.br/reflexoes_diarias

DIFERENÇAS

Era uma vez um grupo de bichos amigos que decidiram fundar uma escola. Reuniram-se e começaram a escolher as disciplinas. O pássaro quis que houvesse aulas de vôo. O esquilo achou que a subida perpendicular em árvores era fundamental. E o coelho queria de qualquer jeito que a corrida fosse incluída no currículo. E assim foi feito. Estabeleceram em conjunto que todos os bichos deveriam praticar todos os cursos oferecidos.

O coelho foi magnífico na corrida. Ninguém corria como ele. Mas queriam ensiná-lo a voar. Colocaram-no numa árvore e disseram: Voa, coelho! Ele saltou lá de cima e "plaft"... Coitadinho! Quebrou as pernas. Não aprendeu a voar e acabou sem poder correr também.

O pássaro voava como nenhum outro, mas o obrigaram a cavar buracos como uma toupeira. Quebrou o bico e as asas, não conseguiu esburacar nada e nem mais voava tão bem quanto antes.

SABE DE UMA COISA? Todos nós somos diferentes. Não podemos exigir ou forçar para que as outras pessoas sejam parecidas conosco. Neste Natal, que tal presentear quem você ama dando-lhe aceitação e respeito?
FELIZ NATAL!!!
E UM ANO NOVO CHEIO DE SUCESSOS E VITÓRIAS!!!

www.fotolog.terra.com.br/reflexoes_diarias